Weby shortcut
palmas-palmas

Pesquisas do LaMPPMin da UFG ganham Prêmio Dynamine de Inovação 2019

Por Lucas Fagundes Vaz. Criada em 23/10/19 16:23. Atualizada em 23/10/19 16:24.

Projetos foram realizados no Laboratório de Modelamento e Pesquisa em Processamento Mineral (LaMPPMin). Leia!

Dois projetos desenvolvidos por pesquisadores do Laboratório de Modelamento e Pesquisa em Processamento Mineral (LaMPPMin) (FENG/RC/UFG) foram ganhadores do Prêmio Dynamine de Inovação 2019.  O Prêmio é uma iniciativa da Dynamine com colaboração de engenheiros e pesquisadores de diversas empresas e instituições de ensino do Brasil e Exterior. A premiação ocorre a cada dois anos e tem como objetivo reconhecer os profissionais e estudantes que colaboram para o desenvolvimento da inovação na engenharia.

O trabalho premiado em primeiro lugar refere-se à substituição do milho pelo sorgo como fonte de amido para a flotação de minerais, neste caso específico, o minério de ferro. O trabalho tem como primeira autora a Profa. Dra. Elenice Maria Schons Silva, do curso de Engenharia de Minas (FENG/UFG-RC) e coordenadora do LaMPPMin, que fez seu doutorado neste assunto. Segundo a mesma a inovação apresentada neste projeto se relaciona “ao uso de um novo depressor na flotação de minerais oriundo de uma fonte botânica barata, renovável, de fácil cultivo em solos de baixa fertilidade e em locais com carência hídrica”. A substituição do milho pelo sorgo tem potencial para diminuir custos operacionais, aumentar a eficiência do processo de flotação, gerar riquezas para áreas de difícil cultivo do milho, além de aumentar a disponibilidade de milho para a alimentação humana.

Já o trabalho premiado em segundo lugar refere-se à substituição de coletores sintéticos na flotação de rocha fosfática por fermento de padaria. Trata-se de um trabalho de bioflotação, que permitirá uma tecnologia disruptiva, de baixo custo, fácil cultivo e totalmente sustentável, afirma o Prof. Dr. André Carlos Silva, do curso de Engenharia de Minas (FENG/UFG-RC) e membro do comitê gestor do LaMPPMin. A principal inovação do trabalho é o uso de fermento de padaria como um coletor alternativo aos ácidos graxos sintéticos, atualmente amplamente utilizados na flotação de rocha fosfática. O fermento é atóxico, seguro, sustentável e renovável, podendo ser cultivado in loco nas próprias mineradoras, cortando custos com reagentes químicos."  

Laboratório de Modelamento e Pesquisa em Processamento Mineral (LaMPPMin) foi criado no segundo semestre de 2013, de modo a atender à demanda de infraestrutura para a realização de pesquisa na área de Processamento Mineral na FENG/RC/UFG.

A premiação será entregue no dia 06 de novembro de 2019, durante a 55ª SEMM - Semana de Estudos Mínero-Metalúrgicos, a ser realizado no Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo da USP.

 

Para saber mais:

Prêmio Dynamine de Inovação 2019:

 https://www.dynamine.com.br/premio-dynamine

Laboratório de Modelamento e Pesquisa em Processamento Mineral: https://lamppmin.catalao.ufg.br/n/121034-pesquisas-do-lamppmin-ganham-o-premio-dynamine-de-inovacao-2019

 

Fonte: ASCOM

Categorias: Noticias